Enfim 2012!

Agora que o Carnaval acabou, o ano realmente começa.

Meu Carnaval esse ano foi regado a aniversários na família. Mamãe completou 59 anos de vida!!! Aproveitei pra descansar bastante e agora, começa a minha batalha pessoal.

Como eu já comentei por aqui, usei um método muito ruim pra emagrecer e hoje estou colhendo os frutos disso. Engordei muito e agora resolvi correr atrás do prejuízo, já que em breve pretendo ter pimpolho pela casa.

O negócio é que minha alimentação mudou, minha rotina está mudando e criei um label pra isso! O que me contagia são as pessoas no Facebook me dando muito apoio moral! Valeu galera amiga, vocês são demais!

E agora gente, vai ser difícil postar, porque eu vou me cuidar e minha rotina é tumultuada. Folga? Só final de semana!

Beijos e não me liga!

Eutanásia?

Que eu gosto de bicho, principalmente cachorro, não é novidade pra ninguém. Mas o que eu acho que pra muita gente será novidade, inclusive estou aberta a críticas, é que sou a favor da eutanásia, claro, em alguns pontos.

Deixa eu explicar o que aconteceu comigo há 4 anos atrás: Hannah era uma cadela amável, adorável, apaixonante! Teve câncer, a veterinária não me contou porque via a paixão que tínhamos por ela. Hannah sofreu MUITO por 20 dias, gemendo de dor, andando em círculos sem orientação, cheia de feridas pelo corpo. Isso não fez bem a ela... e nem a mim que até hoje carrego a culpa de não ter aliviado o sofrimento dela.

Deixa eu explicar o que acontece comigo agora: Lassie é uma cadelinha meiga, mas arisca. Adorável, linda, uma gracinha, mas que infelizmente apareceu um tumor na boca. Há 1 semana esse tumor estourou e infeccionou, sai uma secreção e, apesar de não gemer de dor, ela está sofrendo muito. A veterinária já conversou com a gente e já expôs toda a situação. Fazer a eutanásia?

É claro que se a veterinária nos desse uma pontinha de experança, de que uma cirurgia fosse remediar todo esse sofrimento, eu faria a cirurgia, mas ver a Lassia sofrendo, com o quintal banhado em sangue... vocês acham que ela não está sofrendo? Vocês acham que não será um alívio pra ela?

É muito triste, e nós somos muito apegados, mas não podemos ser egoístas, jamais...