Retrospectiva 2011?

Como eu havia prometido, uma rápida retrospectiva de 2011, apesar de janeiro de 2012 estar acabando!
O meu 2011 não foi um ano ruim e nem foi o melhor ano da minha vida. Tive alguns momentos MUITO ruins e alguns momentos ótimos.
Mas os momentos mais marcantes de 2011 foram: 
- Perder meu avô materno e minha avó paterna em apenas 1 mês e 10 dias.
- Ser promovida no trabalho.

Algumas pessoas se fizeram tão presentes nesses momentos que eu não tenho como agradecer, ou pelo menos, reconhecer a amizade delas. Além destes momentos terem sido muito marcantes e ter tido a possibilidade de ver quem realmente se importa.

Além disso, eu e Maridex comemoramos 1 ano de casados com uma viagem inesquecível à Campos do Jordão com a minha Vó materna, Lourdinha, o ar que eu respiro. Depois de longos 20 anos de cuidado com o Vô, ela pôde viajar.
Foi um ano muito especial sim, pra mim. Conheci muitas pessoas legais, conheci muitos lugares legais.
Espero que 2012 seja realmente um ano muito feliz pra mim e pra todos que me cercam!

4 comentários:

  1. Que venha 2012 com muito mais motivos pra sorrir do que pra chorar. Big Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sabe Van, eu acho que ninguém tem um ano perfeito... Sempre tem algo que nos marca e deixa saudade, é inevitável. Mas o bom é saber que nesses momentos encontramos pessoas que realmente nos apoiam!

    2012 vai ser muito bom sim!
    Beijão :)

    ResponderExcluir
  3. Van

    quando passamos por dificuldades descobrimos quem são "os verdadeiros" , um 2012 maravilhoso para vc !

    Beijos
    Obs : esse ano quero ir a Campos do Jordão tb

    ResponderExcluir
  4. Querida, que 2012 seja um ano de coisas boas, tranquilidade, paz...
    Imagino o que passou ao perder duas pessoas tão importantes... como falei tb senti isso. Não eram meus avós mas eram como se fosse, pq nenhum de meus avós ainda está presente. Eram meus tios, mas com idade pra serem meus avós, com amor e carinho de avós. Ficamos apartados deles neste final de ano... um casal tao amado... se foram com a diferença de 16 dias entre um e outro... dói. É duro... mas devemos seguir em frente, e vejo que estás nesse caminho. Que Deus te abençoe e dê forças.
    Bjocas.

    ResponderExcluir

Fique à vontade e deixe seu comentário ;-)