A história do lápis

O menino olhava a avó escrevendo uma carta.

A certa altura perguntou:
- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E, por acaso, é uma história sobre mim?

A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:
- Estou escrevendo sobre você, é verdade. Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.

O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial. E disse:
- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!

No entanto, a avó respondeu:
- Tudo depende do modo como você olha as coisas. Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo:

Primeira qualidade: você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma mão que guia seus passos. Essa mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzí-lo em direção à Sua vontade.

Segunda qualidade: de vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor.

Terceira qualidade: o lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça.

Quarta qualidade: o que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você.

Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação.

Autor Desconhecido

Esse texto me lembrou um conto da Dani, que agora tem uma comunidade no orkut. Lindo por sinal o texto dela.

Escritores da Liberdade

Ganhei esse prêmio tb da minha querida Anninha!

Lá no blog dela não explicava o quê era, e fui em uma das fontes buscar pra entender né?!

É o seguinte: "O prêmio 'Escritores da Liberdade' que são "para os escritores - mesmo os amadores - que libertam tudo o que sentem e dividem com pessoas que nem mesmo conhecem".

Gostei disso!

Eu já tive algumas crises por conta de blog... de achar que a minha vida não deveria ser tão exposta, mas quem não quer se expor, não deveria ter um blog, certo?! Até mesmo quando você escolhe ter um blog sobre política, ou sobre música e etc... na maioria das vezes, senão sempre, falam de você, dos seus gostos.

E aí está o grande barato! Acabou a ditadura militar... LIBERDADE DE EXPRESSÃO!!!

Sou feliz pelo que sou, verdadeiramente autêntica, sem tirar nem pôr... doa a quem doer, da minah boca/mão sempre sairá a verdade... mesmo que expressa em palavras como num blog!
Repasso esre prêmio para todos os blogs linkados aqui no meu... afinal, todo blogueiro é um 'escritor da liberdade'!

Mudando da água pro vinho...

Feriado acabou, mas uma história começou nele... e se depender de algumas pessoas, não vai terminar ;-)

Os opostos se distraem e os dispostos se atraem!

Outro dia esse assunto rendeu no MSN...

Pode não parecer, mas às vezes eu e Prips temos conversas racionais hahahahaha.

Ficamos filosofando sobre relacionamentos e chegamos à seguinte conclusão: essa porra de que os opostos se atraem só serve pra Física e olhe lá!

Falo por experiência própria... não adianta o cara ser lindo e gostoso se ele não tiver nada a ver contigo... mas te garanto que se o cara for carinhoso, inteligente, engraçado e ainda por cima, gostar das mesmas coisas que você, vai ser TUDO!

Mudando da água pro vinho...

Ela, ela e ela me passaram esse meme que consiste em: "Escolher dez amigos para declarar a nossa amizade e os nomearmos num post. Em seguida visitamos seus blogs e comunicamos a nomeação. Cada um deverá nomear mais dez, e assim sucessivamente. Não há selos nem prêmios, apenas nossa declaração sincera de afeto."

Meninas, obrigada pela indicação e os meus indicados são:


E agora vou lá avisar :D

Falta pouco!

Esses dias eu estava conversando com uns amigos na faculdade:

- "Cara, eu não agüento mais olhar pra cara das mesmas pessoas, fazer o mesmo trajeto, as mesmas cobranças, to enjoada dessa faculdade!"

- "Vanessa, você não é a única... tá todo mundo assim!"

- "Sabe o que é pior?! Quando isso tudo acabar, eu tenho certeza absoluta que eu vou sentir uma saudade absurda daqui!"

E é sempre assim... eu sempre fico cansada, exausta, reclamo de dormir pouco, reclamo de quase não sair por causa da faculdade, mas não adianta, no final das contas, eu vou sentir saudades!

Aí eu comecei a pensar nas coisas que têm me distraído a cabeça ultimamente... e me bateu uma nostalgia!!! Gente, eu tô me formando, tem noção?!

Sou praticamente uma bióloga!!!

Confesso que o entusiasmo do final não é o mesmo que o inicial, mas vamos combinar que a sensação do dever cumprido é a melhor de todas!

Aí de nostálgico, meu pensamento passou pra felicidade!

CARACA, eu sou praticamente uma BIÓLOGA!

B-I-Ó-L-O-G-A!

Aí, volto pra nostalgia, porque ainda falta a bendita monografia e o bendito relatório de estágio... e esses finais de semana e feriados têm servido pra amar os amigos e escrever a monografia e o relatório!

Sensação boa...

Mulher fenomenal!

Aos 3 anos ela olha pra si mesma, e vê uma rainha.

Aos 8 anos ela olha pra si mesma, e vê Cinderela.


Aos 15 anos ela olha pra si mesma, vê uma bruxa e diz:
- "Mãe, eu não posso ir pra escola desse jeito!"


Aos 20 anos ela olha pra si mesma, e se vê: "muito gorda/muito magra, muito alta/muito baixa, com cabelo muito liso/muito encaracolado", mas decide que vai sair assim mesmo...

Aos 25 anos ela olha pra si mesma e se vê: "muito gorda/muito magra, muito alta/muito baixa, com cabelo muito liso/muito encaracolado", mas decide que agora não há tempo para consertar essas coisas. Então, sai assim mesmo...

Aos 30 anos ela olha pra si mesma e se vê: "muito gorda/muito magra, muito alta/muito baixa, com cabelo muito liso/muito encaracolado", mas diz:
- "Sou uma boa pessoa" e sai mesmo assim...

Aos 35 anos ela olha pra si mesma e se vê como é. Sai e vai para onde ela bem entender...

Aos 40 anos ela olha pra si mesma e se lembra de todas pessoas que não podem mais se olhar no espelho. Sai de casa e conquista o mundo...

Aos 50 anos ela olha pra si mesma e vê sabedoria, risos, habilidades... sai para o mundo e aproveita a vida...

Aos 60 anos ela não se importa muito em olhar pra si mesma. Simplesmente põe um chapéu violeta e vai se divertir com a vida...

Talvez, as pessoas deveriam pôr o chapéu violeta mais cedo!!!

(Autor desconhecido)

Talvez não devêssemos nos importar tanto com a opinião das pessoas...

JUSTIÇA e PAZ!


Duas pequenas palavras... que têm uma importância incomensurável!

Me sinto na obrigação de participar... eu, como cidadã brasileira, e além disso, como SER HUMANO!

Cadê os direitos humanos nessas horas? Cadê o ESTADO?

O meu post é revoltado sim, revoltado pelo simples fato de ver um governo completamente estático diante de um fato tão... inaceitável!

Ana Virgínia é uma cidadã do bem, que tem em seu filho, o mesmo pelo qual está sendo acusada e torturada, em Portugal, de ter tirado a sua vida... o pequeno Leonardo, que hoje, o seu Anjo da Guarda.


Ajudem a família, leiam e assinem a petição, clamem por JUSTIÇA e por PAZ!

A frase do livro

A Micha me passou essa brincadeira e cá estou eu!


1º Pegar um livro próximo (PRÓXIMO, não procure)
2º Abrir na página 161
3º Procurar a 5ª frase completa
4º Postar essa frase em seu blog
5º Não escolher a melhor frase nem o melhor livro
6º Repassar para outros 5 blogs.


O diretor aponta com veemência para a foto e grita para seus assistentes:

- Tragam-me este homem! Preciso tê-lo em meu filme!



Esta frase faz parte de um dos livros mais bonitos que já li na vida: Marley & Eu - A vida e o amor ao lado do pior cão do mundo de John Crogan. O livro está em cima da minha mesa do computador, foi só esticar o braço e voilá :-)

Não vou repassar a ninguém, até porque a maioria dos meus blogs favoritados já fizeram!

Beijo e boa semana :-)

Blogagem Coletiva pela PAZ!


O Lino Rezende propôs uma blogagem coletiva pela PAZ. É uma causa nobríssima, já que a situação atual no país e no mundo, é uma situação vergonhosa!

Eu tava pensando no que postar e vou ser sincera: me perdi nos pensamentos... são tantas coisas... nada justificáveis...

Eu estava aqui lembrando do dia em que minha avó foi atacada por um pitbull, juro pra vocês, é óbvio que eu fiquei revoltada, falei um monte de besteira, mas 1 minuto raciocinando eu vi, que naquele momento, o que mais importava era a saúde da minha avó... e agora vem o lance da violência... os vizinhos queriam bater na dona do cachorro, queriam jogar veneno pro cachorro comer e morrer... e aí eu te pergunto: "Qual a culpa do cachorro?"

Parece que o ser humano tem a alma vingativa e violenta... até por religião existe guerra... qual é o objetivo disso tudo?

Vocês já tiveram ou têm Paz de Espírito? Eu tenho... é tão bom você dormir tranqüilamente e acordar com a cabeça leve...

Têm dois fatores que influenciam muito: Educação e Respeito.

A educação é a base de tudo e o que falta nas pessoas é o respeito pelas diferenças... é só você ligar a TV e ver as notícias no dia-a-dia.

Enfim, o nome 'coletivo' da blogagem me deixa um tanto quando esperançosa pela campanha pela paz... se cada um fizer a sua parte, realmente, é o pontapé de tudo, ams se abraçarmos essa causa, coletivamente, o resultado é muito melhor!

Paz pra todos nós!