Que cara estranho!

"É preciso força pra sonhar e perceber... que a estrada vai além do que se vê..."

Inexplicável...

Depois de 1 mês e meio com os ingressos na mão e 3 horas esperando o show começar... VALEU! E valeu MUITO a pena...

Pra quem não é muito fã, conhece só algumas músicas, passar mal com lugar lotado, tudo pra ver os barbudinhos... valeu muito!

Deixa eu brincar de ser feliz?!

O show tava muito legal... tinha uns caras estranhos... um negão 2m x 2m com a sua namorada loira tipo Xuxa com um vestidinho à la caipira e uma meia arrastão...

Pela primeira vez vi Micha completamente descontrolada ao ouvir "Conversa de botas batidas".

Ao ouvir "Azedume" quem foi ao delírio foi meu digníssimo irmão, que passou mal e foi ao banheiro com dores ¬_¬

Em uma Casa Pré-Fabricada foi a minha vez de se descontrolar... gritar e mexer o popozão...

E eu quase chorando, implorando por "A Flor" tive o prazer de ouvir "tua flor me deu alguém pra amar..." e gritar muito...

Não bastasse pequeníssimos detalhes do show que me fizeram sentir de alma lavada, escuto meu digníssimo irmão gritar "Pierrot, porra!" e revoltado começa a xingar: "Porra, eu esperei 3 horas pra esses caras começarem o show, e eles vão terminar sem tocar Pierrot?!"

Do nada escuto um som ao fundo: "Pierrot, Pierrot, Pierrot, Pierrot,"

E logo depois um "Vamos tocar mais uma música pra vocês!"

A guitarra chorando... e o que parecia impossível, aconteceu... depois de vários shows eu vi pela primeira vez tocarem Pierrot... e se despedirem daquilo que foi uma carreira de sucesso...

"O pierrot apaixonado chora pelo amor da colombina..."

Esses caras fizeram uma belíssima jogada de marketing... um puta show que vai ficar pra história...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade e deixe seu comentário ;-)